Eleições na ADFA

AdfaADFA, Eleições ADFA

Prezado associado,

Por estar ou residir ausente no estrangeiro tem o direito de exercer o seu voto por correspondência. Para o efeito informamos que os boletins de voto para a eleição da MAGN – Mesa da Assembleia-Geral Nacional, CN – Conselho Nacional, DN – Direcção Nacional e CFN – Conselho Fiscal Nacional, bem como minuta da declaração a devolver estão disponíveis no sítio da ADFA – http://www.adfa-portugal.com.

Após exercer o seu direito de voto, colocando uma cruz na lista da sua preferência, em cada um dos boletins, deve dobrá-los em quatro, em condições que garantam o segredo do voto, colocá-los num envelope em branco, fechando-o adequadamente e sem quaisquer dizeres ou marcas externas.

Posteriormente, deve colocar este envelope em branco dentro de um envelope normal e remetê-lo para a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, A/C Comissão Eleitoral, Av. Padre Cruz – Edifício ADFA, 1600-560 Lisboa, Portugal.

Dentro do envelope normal deve juntar a Declaração cuja minuta também disponibilizamos no sítio da ADFA, devidamente preenchida e assinada.

Para que o seu voto seja considerado na contagem dos votos é necessário que o envie à ADFA de modo a que o mesmo chegue às suas instalações até, no máximo, cinco dias depois do acto eleitoral, que no presente caso é até 30 de Setembro de 2021.

Com os melhores cumprimentos e saudações associativas,

Pel’A Comissão Nacional Eleitoral
Manuel Lopes Dias – Associado n.º 379


REGULAMENTO DE VOTAÇÃO POR CORRESPONDÊNCIA PARA ASSOCIADOS RESIDENTES E AUSENTES NO ESTRANGEIRO

ARTIGO 16.º DO REGULAMENTO ELEITORAL DA ADFA

Ponto 1 – Nos termos do “Regulamento Eleitoral da ADFA”, artigo 16.º, “os associados residentes ou ausentes no estrangeiro poderão exercer o direito de voto por correspondência, em moldes a fixar pela Direcção Nacional até dez dias após a marcação da data das eleições; os votos terão que ser recebidos na ADFA até cinco dias após a realização do acto eleitoral”.

Ponto 2 – A Comissão Eleitoral, pelo menos com dez dias de antecedência sobre a data do acto eleitoral, disponibilizará no sítio da ADFA em www.adfa-portugal.com, para os associados residentes no estrangeiro, e os ausentes que informem a ADFA dessa circunstância até 20 dias antes do acto eleitoral, carta explicativa aos associados, os boletins de voto que, depois de exercido o direito de voto, devem ser colocados em envelope branco e devolvidos à ADFA, à Comissão Eleitoral, bem como minuta da declaração a devolver.

Ponto 3 – A carta referida no Ponto 2 terá o seguinte texto explicativo (em papel timbrado da ADFA, Mod. B/ADFA/2011), em formato PDF:

Prezado associado,

Por residir ou estar ausente no estrangeiro tem o direito de exercer o seu voto por correspondência. Para o efeito informamos que os boletins de voto para a eleição da MAGN – Mesa da Assembleia-Geral Nacional, CN – Conselho Nacional, DN – Direcção Nacional e CFN – Conselho Fiscal Nacional, bem como minuta da declaração a devolver estão disponíveis no sítio da ADFA em www.adfa-portugal.com. Após exercer o seu direito de voto, colocando uma cruz na lista da sua preferência em cada um dos boletins, deve dobrá-los em quatro, em condições que garantam o segredo do voto, colocá-los num envelope em branco, fechando-o adequadamente e sem quaisquer dizeres ou marcas externas. Posteriormente, deve colocar este envelope em branco dentro de um envelope normal e remetê-lo para a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, A/C Comissão Eleitoral, Av. Padre Cruz – Edifício ADFA, 1600-560 Lisboa, Portugal. Dentro do envelope normal deve juntar a declaração cuja minuta também disponibilizamos no sítio da ADFA, devidamente preenchida e assinada. Para que o seu voto seja considerado na contagem dos votos é necessário que o envie à ADFA de modo a que o mesmo chegue às suas instalações até, no máximo, cinco dias depois do acto eleitoral, que no presente caso é até 25 de Outubro de 2018.

Com os melhores cumprimentos e saudações associativas,
A Comissão Eleitoral”

Ponto 4 – Minuta da declaração (folha A4 simples), em formato WORD:

Declaração

Eu, (nome) __________________________________________, portador do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão n.º ___________________, associado da ADFA n.º _______________, declaro que estes são os meus votos para o acto eleitoral ordinário, para o triénio 2022-2024, a realizar no dia 25 de Setembro de 2021.

(Assinatura) _________________________________