Vacinação contra a COVID-19

AdfaADFA

Deficientes militares de grupos prioritários que são seguidos no HFAR

O Gabinete do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas informou a ADFA que se encontra disponível no site institucional do EMGFA uma plataforma para inscrição no Plano de Vacinação Nacional contra a Covid-19 dos deficientes militares que se encontrem na situação de prioritários. O endereço electrónico é https://www.emgfa.pt/Paginas/COVID-19-Plano-de-Vacinacao-Nacional-Fase-1.aspx.

Como está explícito no site do EMGFA, no Plano de Vacinação Nacional contra a Covid-19 são considerados prioritários, na Fase I de vacinação, os seguintes grupos:

A – Idade superior ou igual a 80 anos (ano de nascimento anterior a 1941, inclusivamente);

B – Idade superior ou igual a 50 anos (ano de nascimento anterior a 1971, inclusivamente) com, pelo menos, uma doença de risco para COVID19 (Insuficiência Cardíaca, Doença Coronária, Insuficiência Renal com TFG <60ml/min, DPOC ou Doença Respiratória Crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração).

Se é seguido regularmente no Hospital das Forças Armadas (HFAR), faz parte de um destes grupos e pretende ser vacinado no HFAR, ou obter declaração médica para comprovar a sua situação (grupo B), deverá preencher o formulário que se encontra disponível no link https://survey123.arcgis.com/share/11d8a2113aec421abc81044461a86af8?portalUrl=https://geoespacial.emgfa.pt/portal, para que o seu processo seja analisado e para ser contactado.

Em caso de necessidade de esclarecimentos adicionais, os interessados podem contactar o número telefone 913 226 492 ou o endereço electrónico hfar_covid19@hfar.pt.